Rede Unida, Encontro Regional Centro-Oeste 2014

Tamanho da fonte: 
PROCESSO DE ESTRUTURAÇÃO DA SEÇÃO DE ENFERMAGEM NA CLÍNICA ESCOLA INTEGRADA CEI/CCBS/UFMS.
adriana de oliveira bueno espi­ndola

Última alteração: 2014-11-08

Resumo


Silvana Castro Souza¹

Adriana Bueno ²

Andréia Insabralde de Queiroz Cardoso³

Silvio Assis de Oliveira Júnior4

 

¹ Enfermeira. Técnico Administrativa da Clínica Escola Integrada CEI/CCBS/UFMS. silvanacastrosouza@terra.com.br

² Enfermeira. Técnico Administrativa da Clínica Escola Integrada CEI/CCBS/UFMS. adriana.aob@gmail.com

³Enfermeira. Mestre. Professora Assistente na UFMS. Chefe da Seção de Enfermagem da Clínica Escola Integrada CEI/CCBS/UFMS andreia.cardoso@ufms.br

4 Fisioterapeuta. Doutor. Professor Adjunto na UFMS. Coordenador Geral da Clínica Escola Integrada CEI/CCBS/UFMS oliveirajr.ufms@gmail.com

Introdução: A Clínica Escola Integrada (CEI) da Universidade Federal do Mato Grosso do Sul (UFMS), está em fase de implantação dos seus serviços de saúde, os quais serão prestados para a comunidade da Cidade de Campo Grande – MS e pode ser estendida para pacientes de outras cidades do Estado. A CEI é composta por três cursos de graduação da área da saúde: Nutrição, Fisioterapia e Enfermagem. A organização do Serviço de Enfermagem é atribuída a Seção de Enfermagem (SEEN), a qual é responsável pela coordenação, orientação e execução das atividades de Assistência de enfermagem prestadas na Clínica, bem como o desenvolvimento e articulação para que ocorram o Ensino, a Pesquisa e a Extensão realizados pelo Curso de Graduação em Enfermagem. Descrição da experiência: A SEEN encontra-se em fase de implantação e estruturação do serviço para o atendimento aos pacientes. Atualmente, conta com uma enfermeira-docente chefe de Seção, duas Enfermeiras e uma Auxiliar de Enfermagem, além do envolvimento de todos os docentes do Curso de Enfermagem da UFMS. Os trabalhos desenvolvidos possuem o intuito de estruturar as normas e rotinas dos atendimentos a serem prestados, com o intuito de articular, em primeiro lugar, o serviço com as aulas teórico-práticas, estágios, projetos de ensino, pesquisa e extensão que corroborem para o que os docentes e discentes do curso de Enfermagem possam desenvolver atividades com qualidade e dinamismo. Impactos: Espera-se que, com a estruturação do SEEN, possam ocorrer diversos tipos de atendimentos para a comunidade com enfoque na promoção, prevenção, reabilitação e manutenção da saúde. Dentro deste contexto, encontram-se em fase de organização os atendimentos de Consulta de Enfermagem em Saúde da Mulher, Saúde da Criança, Famílias, Saúde do Idoso, Saúde do Adulto, Educação em Saúde, constituição de Grupos diversos com atividades de Educação em Saúde, os quais podem ser citados: Grupos de Hipertensos, Diabéticos, Idosos, Gestantes, Puerpério, Adolescentes, Famílias com situações de cuidados especiais, ostomizados e outros grupos que devem ser formados com o passar do tempo e o transcorrer das atividades. Considerações finais: Embora estejamos em fase de implantação da SEEN, vislumbramos um grande potencial deste serviço para as áreas de Ensino, Pesquisa e Extensão do Curso de Enfermagem da UFMS, colaborando primeiramente com docentes e discentes na busca do aprendizado teórico-prático de excelência e atrelado aos princípios do Sistema Único de Saúde (SUS) e da Humanização e, em segundo plano, inovando com um atendimento qualificado e de excelência para a população.